domingo, 13 de maio de 2012

Vale a pena???

Salut pessoas

Um comentário feito pelo pessoal do BrasilPolska, com uma simples pergunta, nos inspirou a fazer esse post. "Vale a pena tudo isso?" foi a pergunta que rondou nossas cabeças nos últimos meses e agora que tudo acabou (ou vai começar) conseguimos fazer uma reflexão melhor.

Nos últimos meses estávamos certos de que tudo o que fizemos foi em vão, pois parecia que completaríamos 1 ano aqui sem recebermos o nosso visto. Nossa data de retorno para o Brasil já estava até definida, seria 01 de Julho e nossos planos seriam trabalhar no Brasil, juntar mais dinheiro e voltar um dia quando o visto resolvesse sair, isso é se saísse. Passamos pelo menos uns 2 meses quase sem sair de casa, meio deprês por causa de todas as noticias que a cada dia apareciam nos jornais. Nossas únicas atividades eram o curso de francês, academia e meu trabalho voluntário. Nem animo para passear a gente tinha.

Felizmente não foi o que aconteceu e a historia todo mundo já sabe!

Quando decidimos vir pra cá antecipadamente, o cenário era outro completamente diferente do atual. Até aquele momento, as previsões passadas pelo consulado eram cumpridas e quando atrasava não era muito. Confiamos também numa "promessa" do consulado feita para nós, nos garantindo que poderíamos vir tranquilos, pois se ainda assim os vistos atrasassem, teríamos tudo resolvido até no máximo Janeiro/2012.

Não foi o que aconteceu. Considerávamos o pior dos cenários até final de fevereiro, que também não foi cumprido, mas ainda assim, não estávamos despreparados para continuar aqui até julho (que era a nossa margem de segurança), só sentíamos que estávamos limitados, presos, sem poder viver plenamente, trabalhando, estudando, etc.

Mesmo com o desânimo dos últimos meses e com a data certa para voltarmos para o Brasil e esperarmos o visto por lá, ainda assim tentamos aproveitar ao máximo nossa experiência aqui. Francisação, imersão cultural, ganhar experiência canadense e até experiência de entrevistas para fazer contatos e quem sabe um dia quando o visto saísse conseguir alguma oferta de emprego. São essas pequenas, porém importantes, coisas que não podemos fazer no Brasil e que fazem muita diferença aqui no dia a dia, te dão mais segurança na hora de uma entrevista de emprego, te preparam para quando o "viver plenamente" chegar.

Se faríamos isso hoje de novo? A resposta é NÃO! Mas esse não, é baseado apenas em 1 único fator: Incerteza. A instabilidade do consulado, os prazos que aumentam a cada mês e o processo em constante mudança nos fazem HOJE, ter mais receio em relação ao futuro da imigração e do processo como um todo. Não estou dizendo que acho que a imigração vai acabar, mas como todo mundo tem visto, as coisas estão a cada dia mais difíceis, e diante desse cenário atual, acho que o investimento a ser feito, tanto financeiro quanto emocional, é muito alto para algo tao incerto no momento.

Mas e na pratica? O que os tais "pontos positivos" significaram para nos? Francisação, imersão cultural e experiência canadense fizeram toda a diferença assim que recebemos o visto e foram determinantes em relação as nossas conquistas.

A primeira de todas as conquistas (e motivo do meu desaparecimento do blog) é que recebi uma proposta de emprego exatamente no meu segundo dia útil como residente permanente e comecei a trabalhar poucos dias depois. De lá pra cá foi uma correria daquelas para tirar todos os documentos e resolver todas as pendencias sem ter que ficar faltando no trabalho, mas no final deu tudo certo. O trabalho em sim tem sido bem legal e esses primeiros dias muito cansativos. Sempre ouvimos dizer que os primeiros dias de trabalho em francês cansam absurdamente e comigo tem sido exatamente assim, chego em casa destruída, mas aos poucos vou me acostumando. Posso dizer que esse trabalho foi uma grande conquista mesmo pois estou trabalhando em uma grande empresa do mercado financeiro e em uma função mais ou menos parecida com a que eu tinha no Brasil, mas com o nível de stress super baixo.

E logo em seguida, veio a segunda parte da conquista, mérito do Fabiano. Durante 2 meses ele passou por entrevistas, testes de matemática, física, programação, abstração de projeto e depois mais uma entrevista até que finalmente ele foi aceito na pós graduação que sempre foi o sonho dele: desenvolvimento de games. Serão 9 meses de curso intensivo, no final ele fará um projeto para uma empresa e a partir dai é seguir para a carreira que ele sempre sonhou.

Acreditamos que o fato de virmos antes para cá ajudou sim nessas duas grandes conquistas. No nosso caso tudo valeu a pena, deu certo, tudo aconteceu no prazo que tinha que acontecer, mas corremos um risco mais alto do que a gente tinha pensado. Agora é fácil para nós dizer que valeu a pena, mas até pouco tempo atrás, não tínhamos essa certeza e em vários momentos questionávamos o que estávamos fazendo aqui. No final das contas, nossa saga teve final feliz, mas não significa que a de outras pessoas terá o mesmo final também. Não quero influenciar e nem desencorajar ninguém, pois essa decisão é algo muito pessoal e depende do nível de tolerância à fortes emoções de cada um.

A bientôt.

12 comentários:

Tania Vianna disse...

Muito bom ler o post de vcs
Foi preciso muita coragem sim, admirável...
Nosso processo está perto do grande evento, receber os passaportes com os vistos, a ansiedade é grande. Passagens compradas para dia 30, então, aja coração...
Abçsss

Carlos Luz Junior disse...

Ola Juliana, voce poderia dizer qual o curso e universidade seu marido esta fazendo a pos-graduacao?
Abraco.

Julia disse...

A imigração já é um processo sofrido por si só, mas o que vocês passaram não é para qualquer um. Eu não sei se teria aguentado... Parabéns mais uma vez. É muito bom ver que as coisas vão se encaminhando para um final feliz - na verdade, um começo feliz! :-)
Boa sorte!

Julia.
http://voilapourquoi.wordpress.com/

Fabiano disse...

Olá Carlos

A Universidade é de Sherbrook, mas tem outras aqui tmb.

BRASILPOLSKA & KACZMARSKA FAMILY disse...

Pois é minha gente, você tiveram muita coragem. Eu cá, vendo o o mundo de mudanças nos processos, as manifestações estudantis por direitos universais a educação, meus amigos virtuais indo embora, meu trabalho me comendo a alma, o consulado demorando que nem um cão, minha mulher em crise, meu filho crescendo, eu ficando velho, com os joelhos postos num cadinho, gordo, essa PUC-SP cara de matar qualquer família... tudo isso me deu uma angustia! Agora minha batalha é convencer minha mulher de sair do BRasil.Eita a coisa tá preta, se ficar o bicho pega se correr o bicho come.
Fico feliz vê-los por ai, torando a vida e conquistando sonhos, ainda que com vicissitudes, há doçura no final de tudo, sempre há doçura!Fortes, sejam fortes que ainda riremos juntos de muita coisa!

Pati e Temps disse...

Sei exatamente o que vcs passaram... passei pela mesma coisa, mas a minha sem esse final feliz. Quando iniciei meu processo FSW o prazo era de 8 meses para finalização dos processos "novos" da época... após 11 meses de processo, com a promessa de que estava nos últimos passos, fomos esperar o visto no Canadá. Ficamos lá 6 meses e nada!!! Voltamos ao Brasil, voltamos a trabalhar e cá estamos nós: 2 anos e 4 meses de processo, 1 ano e 7 meses desde nossa ida ao Canadá, 1 ano e 1 mês desde a nossa volta... e até agora nada de exames médicos...
Definitivamente a imigração está fechando, e virando quase que uma loteria... não dá mais pra arriscar agora como as pessoas arriscavam no passado...

Parabéns pelas conquistas! Td de bom pra vcs!!!
Beijos!!!!
Pati

Adu disse...

Parabens pela conquista do novo emprego e a pos do Fabiano, fico feliz em saber que tudo esta caminhando para o sucesso de vcs ai. Esse processo de imigração esta cada dia mais incerto e devemos analisar os pros e os contras antes de qualquer decisão mas que bom que finalmente tiveram um final feliz.

Marché aux puces disse...

Realmente deve ser muito angustiante. Estou com medo, ainda não iniciamos nosso processo por falta de grana pra investir no francês. O tempo vai passando, está cada vez mais difícil e estamos ficando muito preocupados pois queremos muito ir mas não sabemos se esse sonho vai se realizar.
Fico muito feliz por vcs e espero que a nossa futura imigração também tenha um final feliz.
Bjs Manu

Camila disse...

Parabéns pelo emprego e pela pós. Acho que essas conquistas nos fazem abrir os olhos e enxergar o quanto batalhamos para estar onde estamos.
E tb parabéns pelo post sincero de vcs, pois mtas propagandas que estão sendo mostradas por aí pintam o programa de imigração como algo fácil e rápido e sem relatos como o de vocês mtos novatos podem acabar comprando gato por lebre.
Boa sorte nos novos caminhos que vcs vão começar a trilhar!
Abraços
Camila

Cindy disse...

Que legal gente,... fico muito feliz por voces. Essas sao grandes conquistas! Parabens!!!!

Bjs
Cindy

Rê e Thatá disse...

Ju e Fa! vcs mereceram. Mereceram mesmo! :) Fizeram por onde, correram atrás e aproveitaram cada segundinho que tiveram por aqui! <3 Tenho muito orgulho de cada conquista. Parabéns!!!!!! Acho que compartilho da mesma opinião... e espero que o meu tão amado, esperado e desejado visto chegue logo tb! Beijos
ps: saudadeeee sumida master!

Rodrigo F disse...

Parabéns pelo post. Vocês na época pediram visto de estudante ou de visitante mesmo? Sairam com curso comprado do Brasil? Grato!