quarta-feira, 18 de julho de 2012

Atualizando

Salut pessoas!!!

Bom saber que vocês ainda estão por ai e que alguém ainda lê o que a gente escreve! Fico feliz! Então vamos aos poucos atualizando o blog com as nossas novidades.

Nesses 3 meses que se passaram desde o recebimento do visto a vida nova virou realidade. Estamos virando gente de verdade por aqui e até temos documentos! Olha só que lindos!!! Brincadeiras a parte, mas nosso recebimento dos documentos canadenses foi 99% tranquilo. Tudo chegou dentro do prazo e só não foi 100% sem problemas pois meu NAS não saiu logo de cara no primeiro dia. Tive um problema por ter nome composto e meu nome completo não coube no sistema, então tiveram que mandar fazer meu NAS sei lá aonde. Nunca gostei de nomes compostos e tenho trauma do meu, por isso fica a dica para quem estiver pensando em "presentear" seu pimpolho com um lindo nome daqueles super chiques como Maikel Jéquison Uóshiton da Silva Junior. 



Ainda falta a carteira de motorista daqui. Já fizemos o agendamento e assim que passarmos pelas provas conto como foi.

Outra coisa que fizemos nesse meio tempo foi uma viagem para Orlando. Tiramos 15 dias para esquecer de tudo e também para comemorar. Esquecemos da espera que tanto nos abalou, esquecemos que em breve teríamos que trabalhar e começar tudo do zero mais uma vez, esquecemos que estávamos esperando documentos, enfim, esquecemos tudo mesmo e por 15 dias voltamos a ser criança de novo nesse lugar magico where dreams come true. Foi maravilhoso e cada segundo que passamos lá valeu muito a pena e foi muito bem aproveitado.


Ah, detalhe: saímos do Canada e entramos de novo sem o cartão de residente permanente. A saída foi tranquila, sem maiores problemas, mas a volta tem que ser feita obrigatoriamente de carro. O documento de confirmação de residencia permanente que o consulado emite não dá direito a viajar por meios comerciais (avião, ônibus ou trem), por isso voltamos via NY e alugamos um carro que foi devolvido aqui em Montreal. Sem o cartão de residente permanente (que demora quase 3 meses para chegar) essa é a unica maneira de re-entrar no Canada sem ter que pedir aquele visto de autorização de viagem.    

Na volta de Orlando, comecei a trabalhar, como eu já havia dito num post anterior. Teoricamente esse  emprego seria bem similar ao que eu já fazia no Brasil, porém acabou que não era e eu acabei não me adaptando ao lugar e às minhas atividades. Foram 3 meses nesse emprego e como era um contrato temporário (que me ajudou a ganhar experiencia aqui) acabei saindo de lá sem peso na consciência. 

A saída do meu primeiro emprego foi tranquila e não teve nenhum stress para nenhum dos lados. A unica exigência do meu antigo contrato era cumprir 15 dias de "aviso prévio" que cumpri sem problemas e no final acabei saindo de lá com referencias positivas, algo muitíssimo importante, principalmente aqui quando se está começando do zero. Essa minha primeira experiência de trabalho, apesar de curta, me ensinou muito e merece um post exclusivo que virá em breve.

Obviamente, o motivo da minha saída desse emprego foi por que recebi uma proposta melhor. Contrato permanente, com benefícios e dessa vez totalmente relacionado com a minha formação e com experiências anteriores. A tal da "equivalência profissional" acabou vindo antes do que a gente imaginava e, para quem não queria trabalhar aqui, como eu dizia antes, confesso que estou bem feliz, pois o nível de stress é zero se comparado com o Brasil.


Pelo menos por enquanto, estou tendo uma boa impressão nesse começo do meu novo trabalho. Vamos ver como serão os próximos dias e meses, mas até o momento estou bastante feliz. Como deu pra ver ai em cima, o pessoal foi  bem simpático e receptivo. Espero que continue!

E por enquanto é isso. A bientôt!

4 comentários:

Pat disse...

É tão bom virar gente aqui!! rsrs

Parabéns pelo novo emprego Ju!!

Bjs,
Pat

Jucilaine Nogueira disse...

Maikel Jéquison Uóshiton da Silva Junior é mancada, hein kkkkk até parece que seu nome é nesse nível! =P

brazucoise disse...

Sei bem como é o drama de nome composto. Minha mãe me amaldiçoou com Nilian Patrícia. Só rindo mesmo, viu! Hahahahahaha
Enfim, traumas à parte, bonne chance et courage na vida nova!
É bom demais saber que as coisas realmente dão certo por aí!
Abraços
Nilian (Patrícia) #morri!

BRASILPOLSKA & KACZMARSKA FAMILY disse...

Que maravilha!
Olhe, receber boas vindas numa plaquinha e escrito à mão não é para qualqer um ou qualquer emprego viu. significa que na empresa, as pessoas têm senso de franternidade ou coleguismo. Isto é raro! Espero que crie-se um espirito de reciplocidade entre todos a fim de que você, especialmente, sinta-se bem e feliz neste emprego!
Forte abraço,
Fabio