segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Passeando por aqui

Salut de novo!

Semana passada fomos para a cidade de Québec. Confesso que a nossa viagem foi mais "exploratória" do que turística  então não tenho muitas fotos para mostrar, mas mesmo assim vou colocar o que temos aqui.

Essa visita que fizemos à Québec teve como principal propósito conhecer a cidade que "possivelmente" vamos morar e depois do passeio, voltamos com aquela dúvida gigantesca. Vimos que Québec é uma cidade maior do que imaginávamos e não se resume somente ao centrinho-velho-turístico. A sensação de segurança, para nós, também foi bem maior em Québec do que aqui em Montreal, e não digo que Montreal não é segura, de jeito nenhum, mas Québec é bem mais tranquila. Além disso vimos que o custo de vida em Québec também é bem menor que em Montreal.

Levantamos também alguns pontos negativos sobre a cidade, como por exemplo, Québec não tem metro e dependeríamos de ônibus para tudo, enquanto ainda não temos carro. Outra coisa, Montreal está mais "perto de tudo" e achamos aqui mais fácil para nos deslocar para viagens e etc. Mas por outro lado, as empresas da cidade de Québec estão bem abertas para os estrangeiros e recém chegados e teríamos uma inserção mais rápida no mercado de trabalho. Além disso, para quem tem filhos pequenos, ou pretende ter em breve, também achamos que Québec é mais tranquila e oferece uma estrutura melhor para os pais criarem suas crianças.

Enfim, a dúvida ainda existe, mas o objetivo deste post era falar mais sobre os nossos passeios por aqui, então vamos às fotinhas. 

Vista do Observatório da cidade

Chateau Frontenac visto do observatório

Québec vista do observatório

Plaines d'Abraham

Vieux-Québec

Vieux-Québec

Vieux-Québec: Adorei essa parte da cidade com muitas lojinhas, bares e restaurantes fofos

Vieux-Québec e suas vielas

Vieux-Québec

Vieux-Québec

Vieux-Québec visão da balsa que atravessa para Lévis

Vieux-Québec visão da balsa que atravessa para Lévis
A bientôt.

8 comentários:

Marc disse...

Pelo visto vocês não pegaram o calor escaldante que peguei aí há um mês (e que acabou comprometendo um pouco minhas caminhadas).

Eu gostaria de fazer dois comentários sobre o que achei da cidade do ponto de vista da imigração.

Primeiro, tem pouco imigrantes em Québec. Isso é bom e é ruim. O lado bom é que falta gente, então teoricamente temos que enfrentar menos concorrência na hora de achar emprego. O lado ruim é que imigrantes ajudam na diversificação cultural, coisa que falta em Québec (tive muito mais opções de restaurantes em Vancouver, por exemplo).

O segundo ponto é que Québec é quase que exclusivamente francófona. Isso também é bom e ruim. É bom se você só tem o Francês (ou não quer aprender o Inglês). Se você também quer usar o Inglês no dia a dia (meu caso) pode ser ruim, pois você não vai ter a oportunidade de estar imerso. Conheci brasileiros que pensam em mudar de Québec pois não acreditam que seus filhos irão ficar fluentes no Inglês morando aí. É claro que há exceções. Você encontra pessoas que falam Inglês no centro histórico e há empresas que também utilizam o Inglês em seus escritórios.

Gostei muito de Québec e ainda é minha segunda opção, mas devido aos dois motivos acima, Gatineau continua sendo minha primeira opção.

vidanovavilleduquebec disse...

Oie!!!
só pra dizer que adoro muito tudo istooooooo!!!
Valeu por compartilhar!
;-)
bjos
Darlene

Julia disse...

Que delícia passear! Quando visitei Ville de Québec, nevou um monte e a cidade ficou toda branca e linda! No dia seguinte da neve, fez um dia de inverno daqueles de céu azulzinho e nenhuma nuvem, aí aproveitamos e fizemos raquette no parque! :-)

Eu também achava que queria morar em Québec, por ser uma cidade menor que Montreal. Adoramos Ville de Québec, mas nos apaixonamos mesmo foi por Montreal... enquanto a gente não se mudar de vez pro meio do mato, no pé de alguma montanha, é por lá que vamos ficar!

Boas viagens pra vocês!

Julia.
http://voilapourquoi.wordpress.com/

Juliana disse...

Olá Pessoas!
Obrigada pelos comentários e pontos levantados para nos ajudar a pensar sobre a nossa escolha!
Ainda estamos com aquela duvida gigantesca, gostamos mto de Mtl, mas vimos Québec como uma boa oportunidade para começar. Ainda não conhecemos Gatineau, então também pode ser uma opção para visitarmos em breve.
Enquanto isso estamos tocando a vida aqui em Mtl mesmo, esperando pelo visto de RP. O bom do momento é que estamos aqui para experimentar tudo, dai se não gostarmos de algo ou não se adaptarmos a algum lugar, é mais facil trocar!
Abçs!

Flávia disse...

Ju e Fabiano,

Que cidadezinha linda que é Quebec..parece uma maquete, tudo em miniatura!
Difícil escolher mesmo, ainda bem que vocês tem tempo para visitar as cidades e escolher algumas que podem ser a futura residência de vocês..


Bjsss

Marcia disse...

Ai vai meus dois cents....

Moro em Montreal, tenho dois filhos de 3 e 4 anos que falam ingles nao porque moram em Montreal, pois aqui quase nao tem amigos que falem ingles, mas porque eu os exponho aos desenhos em Ingles o tempo todo, assim como os em Portugues. Crianca e esponja e capita tudo. Duro e eu aprender. Minha filha de 4 anos ate espanhol fala, aonde aprendeu?!? no Youtube, vendo desenhos em espanhol que ela mesmo acha.
Ano que vem eles comecam a escola e vou coloca-los em uma escola em Frances, acho melhor eles serem alphabetizados em Frances que e muito mais dificil na minha opiniao. Ingles, uma vez que ja o falam, escrever sera consequencia.
E meu filho mais novo, apesar de ter tido a mesma exposicao que a mais velha, sempre fala em Frances ainda que assistindo desenhos em outro idioma.
Tenho amigos que moram em Quebec e amam, eu se tivesse a oportunidade de mudar para la tambem o faria sem piscar os olhos. Juliana percebeu bem quando disse que e uma cidade mais tranquila que Montreal, mais limpa e com mais oportunidades.
A questao do metro, vcs sao um casal de jovens sem filhos ainda, quando eles vierem vcs precisarao de carro nao importa onde tiverem pois verao que e dificil se locomover no inverno com as criancas, nao impossivel, mas o carro deixa a vida mais comoda sim.
Um amigo solteiro que quando mudou para o Quebec, morava bem no centro (na rua do Chateau Frontenac) e se locomovia sem problemas com os onibus, mesmo durante o inverno.
Depois o emprego dele exigiu que ele estivesse em clientes diferentes e acabou comprando um carro. Situacao que seria a mesma em Montreal, pois os onibus e metro tem horarios diferentes durante o dia e ''horario de pico''.
;-)
Marcia

SonhoComCanada disse...

lindas as fotinhos. e pelo visto pegaram uma dia lindo. quando estive em Quebec em 2003 o dia estava feio, era inverno. e tb só andei na parte antiga da cidade.

Abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com

Juliana disse...

Marcia, muito obrigada pelo seu comentário! Seus dois cents valem muitos milhares de dolares para nós!
Fiquei contente em saber que os seus filhos absorveram facilmente os idiomas. Sonhamos que os nossos sejam poliglotas tbm e temos um pouco de receio de deixa-los longe do inglês estando em Québec, mas isso também é responsabilidade nossa né!

Cath, realmente o dia estava lindo!
Demos mta sorte! Fomos lá de novo nesse fds e só choveu, ficou tudo cinza e fazia 6 graus....