segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Sobrevivemos!

Salut pessoas!

Sumimos, mas aos poucos estamos voltando e em breve teremos vários posts novos! Por enquanto estamos sem internet fixa, então conforme eu for conseguindo acessar em algum lugar, vou colocando as atualizações!

E seguindo a cronologia do blog, temos que contar como foi a nossa viagem de Miami para Montreal! Sinceramente, não sei se era o cansaço, a ansiedade ou o que, mas nunca vi um voo de 3 horas demorar tanto pra passar! Foram as 3 horas mais longas e cansativas que passamos ate agora.

Depois de passar pelo embarque "constrangedor" no USA, tendo que tirar até os sapatos e passar naquela máquina indiscreta de raio x, fomos rapidinho para o avião que deveria sair às 13 horas, mas que sei lá por que motivo saiu quase às 14, o que fez com que a sensação de vôo longo só aumentasse. Cansei de ficar sentada ali e não conseguia dormir. Minha cabeça latejava de dor e o vôo foi chato, nem uma turbulenciazinha pra animar... rsrsrs Mas realmente, estávamos esgotados e essa parte da viagem parece que acabou com a gente mais ainda.

Chegamos em Montreal já era 17:30 e fomos encaminhados para uma fila gigantesca para fazer o landing. Parece que chegaram vários vôos juntos e a fila estava maior que a do Poupa Tempo da Sé! So que apesar do tamanho, até que ela estava andando bem. Mas como alegria de pobre dura pouco essa fila era só uma triagem, e o melhor ainda estava por vir. Chegamos no guiche para atendimento e o oficial fez as perguntinhas básicas: o que vamos fazer; quanto tempo; e onde vamos ficar e, respondidas as questões ele nos encaminhou para uma segunda sala onde as informações seriam verificadas.

Nessa segunda sala eu estava quase tendo um treco, não aguentava mais avião, aeroporto e nada disso mais! Só queria comida, banho e cama! Só que para sermos atendidos era preciso pegar senha e quando chegamos estavam chamando a senha 383 e pegamos a senha 421. Ou seja, senta que lá vem história. E nessa brincadeira, acabamos saindo de la já era mais de 20 horas.

Depois de 11 horas de vôo e mais 11 horas de aeroporto (foram quase 7 horas de espera em Miami + o atraso pro vôo sair + quase 3 horas na imigração em Montreal), finalmente estávamos liberados para buscar as malas (lembrando que eram 7 caixas, 3 malas e 2 mochilas e tudo no limite máximo do peso).

Cansados, acabados, exaustos e destruidos, pegamos as malas e caixas e fomos ate a Avis, onde eu havia feito a reserva de um carro pra gente. Só que é claro que com a gente tudo tem que ser com emoção, e ficamos pelo menos 1 hora no estacionamento do aeroporto tentando encaixar toda a nossa tralha  dentro do carro. Mas no final das contas tudo deu certo. Apesar de que pra mim a ida pro hotel foi bem desconfortável. A foto não consegue mostrar exatamente o que passei, mas dá pra ter uma ideia.
A Space Bag que tá lá em cima foi tirada de uma das malas para ver se ela entrava melhor
Pena que não dá pra ver como estavam os meus pés!
Foi apenas isso que trouxemos!
E, uma das melhores coisas que fizemos, do meu ponto de vista, foi ter saído do aeroporto e ido direto pra um hotel, sem desfazer as malas e nem tirar nada do carro. Chegamos, comemos e dormimos e depois, no dia seguinte, com muita calma e depois de um generoso café da manha, fizemos a nossa mudança pro Fleurimont.

E sobre o Fleurimont, ai e outra historia!

Então, aguardem cenas dos próximos capítulos.

A bientot.

8 comentários:

Rê e Thatá disse...

Pooo. juuuuuu... assim vc deixa a gente curiosoooo! quero saber tudo do Freurimont e tudo mesmooo. Nem precisa dizer que adorei a descricao da historia...kkkkkk! Tadinhos dos meus amigos lindos. Ainda bem que qdo nos chegarmos ai vamos ter vcs para nos ajudarem... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! Saudades, viu? Beijos e mais beijos! E nao esquecam... tenham fe, sempre!!!!
ps: to sem acento nesse teclado!

Tarcizo disse...

Pessoal, nao sei se voces tao precisando de uma forca, mas se sim nao se acanhem de entrar em contato....
qualquer coisa mandem email pra chucksarahcanada@gmail.com

maisumageracao disse...

Meuuuuu Deus!!!! Vc foi literalmente esmagada no carro rssss Ainda bem que no fim deu tudo certo!
Bom não vejo a hora de vc falar sobre o Fleurimont pq por enquanto é uma das nossas opções de estadia...
Bjs,
Neila

Moi et mes rêveries disse...

Nossa, que jornada hein! Pude até sentir o cansaço de vcs. Mas é tudo por uma boa causa. Espero que as coisas estejam dando certo por aí... e vou aguardar ansiosa os próximos capítulos (afinal já tenho q ir fazendo meu benchmarking né!!!).

abs!
Camila

Flávia disse...

Ainda bem que minha amiga é magrinha! rsrsrs.... senão não entrava no carro não! Essa mala no seu colo era enorme...

É isso aí, agora é só desempacotar!

Bjs

Marché aux puces disse...

Oi Ju,
Estou adorando seu Blog, li ele todo de cabo a rabo. Está paracendo aqueles seriados que a gente espera os "próximos capítulos".
Não lembro ao certo se já deixei recado aqui pois estou lendo vários blogs mas adoraria me comunicar com vc. Eu e meu namorado(futuro marido) estamos com planos de ir tb para Ville du Quebec e já estou pesquisando tudo e morrendo de ansiedade desde já. Vamos dar entrada nos papéis início do ano que vem por algumas questões que anda temos que resolver.
Meu email é manupessoa@gmail.com, se pudermos nos falar vai ser ótimo. quero umas dicas.
Caso eu já tenha mandado outra msg desconsidere a primeira, não entendo muito de Blogs e tal.
Desejo muito boa sorte e felicidade pra vcs.
Aguardo notícias, bjs Manu

Nossa Terra Prometida disse...

Que bom que chegaram!! Estamos na torcida!
Beijos

SonhoComCanada disse...

só 3 hrs de Miami a Montreal ?eu jurava que era mais !
o importante é estar em solo canadense...o resto se ajeita com o tempo.
Boa sorteee aí !
saudades de Montreal...quero ver muitas fotos lindas.

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com